O que fez eles serem aprovados

Segundo dados divulgados pelo Ibmec/Minas Gerais, apenas 0,2% dos candidatos inscritos em programas de trainee são aprovados. Visto desta forma, o número chega a assustar, mas já é sabido pelo mercado, e ainda mais pelos jovens participantes, que a disputa em um processo seletivo de Programas de Trainee é realmente muito acirrada.

O fato é que alguns poucos felizardos garantem o seu lugar ao sol. Como? O que eles fizeram de diferente para conquistar a tão sonhada vaga em um programa de carreira tão requisitado?

Para conhecer essa resposta, as consultorias Across e Seja Trainee realizaram uma pesquisa entre os jovens aprovados em programas de trainee nos anos de 2014 e 2015. Conheça algumas características que eles têm em comum:

  •  Sexo: 56% dos jovens selecionados são do sexo masculino.
  • Idade: Os aprovados têm idade entre 23 e 25 anos, isso significa que 65% dos selecionados já são adultos.
  • Curso: O curso responsável pelo maior número de trainees do país é o de Administração de Empresas. 20% dos aprovados são graduados no curso.
  • Cidade: Morar em São Paulo é um ponto positivo para quem quer participar destas seleções, afinal, 74% dos candidatos selecionados vivem no estado.
  • Desenvolvimento: Acreditar no desenvolvimento acelerado para poder ser trainee é um dos pontos fundamentais. 68% dos aprovados acreditam neste ideal.
  • Funções: 41% dos jovens selecionados creem que desempenhar várias funções concomitantemente é a principal razão para ser um trainee.
  • Persistência: Cerca de 80% dos aprovados ficaram durante seis meses em busca de programas de trainee até serem aprovados.
  • Tempo: Dentre os selecionados, 33% afirmou ficar de 10 a 30 horas em preparação para a seleção.
  • Vestir a camisa da empresa: 70% dos jovens contratados acreditam que a empresa que os selecionou é a melhor dentre as outras.
  • Estrutura do programa: 63% dos aprovados afirmaram que optaram pela empresa em que atuam pela estrutura do programa.
  • Marca: A reputação da empresa escolhida é importante na hora da escolha do trainee, de acordo com 48% dos selecionados.
  • Influência: 40% afirmou que a capacidade de influência dentro da empresa foi um dos pontos-chave para a aprovação.
  • Adaptação: Ser flexível e ter a capacidade de se adaptar ajudou na aprovação de 28% dos selecionados.
  • Experiência Profissional: Atuar em outras empresas antes de candidatar-se ao programa de trainee foi fundamental para 50% dos aprovados.
  • Intercâmbio: Para 21% dos selecionados intercâmbio foi a experiência anterior mais importante de suas vidas.

Profissionais de RH ainda dão algumas outras dicas:

  • Parte do segredo da admissão está na sincronia entre o perfil do candidato e a cultura da empresa. “Grande parte dos candidatos é eliminado ainda na fase de triagem de currículo, já que nem todos os inscritos preenchem os pré-requisitos básicos da vaga.
  •  Os candidatos devem ainda ter fluência em português, conhecimentos em pelo menos um idioma estrangeiro e em informática. A língua mais exigida ainda é o inglês. Os demais idiomas são considerados diferenciais que contam bastante também.
  • Tentar burlar os testes on-line pode não ser uma estratégia muito eficaz, até porque há alguns processos seletivos que incluem testes presenciais do idioma estrangeiro e redações. Ainda que não exista uma etapa exclusiva para comprovar os conhecimentos de inglês dos candidatos, nada impede o gestor, no meio da entrevista, de começar a falar a língua estrangeira mencionada pelo candidato.
  • São priorizados ainda os candidatos de excelente formação acadêmica. O nome da instituição responsável pela capacitação do profissional conta muito.
  • Há, no entanto, processos seletivos que não avaliam os inscritos a partir de suas universidades. O desempenho acadêmico também pode ser avaliado a partir das notas dos candidatos. Para muitas empresas, profissionais com potencial acadêmico mais sustentável têm maiores chances de retribuir às necessidades da empresa.

 Fonte: Exame.com, Vagas.com

Deixe um comentário

0 Comentários.

Deixe um Comentário


[ Ctrl + Enter ]

© 2009 – 2013 GRUPO VERALANA